Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Consumo de apps bate recorde e gera US$ 64,9 bilhões

Imagem Noticia

Imagem: Freepik

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 30/06/2021 por Sistema Plug

Segundo dados preliminares da Sensor Tower, especializada em análises do mercado mundial de aplicativos, o consumo de apps móveis bateu um recorde no primeiro semestre de 2021, atingindo US$ 64,9 bilhões – um aumento de 24,8% em relação ao mesmo período de 2020, considerando-se App Store e Google Play. Impulsionada pelo isolamento social causado pela covid-19, a tendência deve permanecer mesmo após a pandemia, acredita a empresa.

Enquanto a loja da Apple respondeu por US$ 41,5 bilhões do total, o marketplace do Google encabeçou US$ 23,4 bilhões. Ainda assim, a dona do Android experimentou um salto de 30% quando os resultados são comparados aos números do ano passado, contra 22,1% da concorrente. A disparidade, indica a Sensor Tower, se explica, em parte, por demandas de regiões como as Filipinas, dominadas pelo Google e mais sujeitas a quarentenas no intervalo.


AnáliseAnálise traz detalhes a respeito do consumo de apps.

Fonte:  Freepik 

Quanto aos tipos de aplicativos mais procurados, a categoria de jogos é a que mais se destacou (US$ 44,7 bilhões), seguida de soluções baseadas em assinatura (US$ 8,3 bilhões), nas quais se incluíram as dedicadas a esportes, finanças, negócios, livros e entretenimento. O TikTok dominou o pódio de rendimentos gerais e da App Store; Google One é que ocupou o primeiro lugar do Google Play.

Falando especificamente de games mobile, Honor of Kings (mais de US$ 15 bilhões), PUBG Mobile (aproximadamente US$ 1,5 bilhão) e Genshin Impact (mais de US$ 848 milhões) foram as estrelas da vez.


MercadoMercado mundial do segmento bateu recorde.

Fonte:  Freepik 

Campeões de downloads

A pandemia continua exercendo seus efeitos. Com o retorno gradual de determinados locais às atividades normais, notou-se uma desaceleração no número de downloads de facilidades diversas (com exceção dos jogos), que cresceu somente 1,7% (72,5 bilhões).

No caso da App Store, caiu 10,9%, já que seu público majoritário se encontra, por exemplo, nos Estados Unidos. Por outro lado, o domínio do Google em regiões ainda duramente afetadas pela covid-19, como a Índia, se expressou em um crescimento de 6%.

Por fim, mesmo jogos na plataforma da Apple foram menos baixados, caindo 22,8% (4,4 bilhões) – enquanto no Google Play se expandiram 3,9% (23,7 bilhões). O TikTok desembarcou em ao menos 384,6 milhões de dispositivos, 38% a menos que um ano atrás (algo que pode ser atribuído a restrições em países).

No mais, Facebook, Instagram, WhatsApp e Telegram, seguidos por Messenger, Zoom, Snapchat, CapCut e Google Meet, completaram o top 10 de downloads em geral.