Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Astronautas cultivam pimentas na Estação Espacial Internacional

Imagem Noticia

Imagem: Unsplash

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 22/07/2021 por Sistema Plug

Em um dos experimentos mais complexos já realizados na Estação Espacial Internacional (ISS), os astronautas estão cultivando pimentas em órbita. A novidade faz parte de um projeto que objetiva expandir a oferta de alimentos cultivados no espaço para as futuras missões de longa duração, como a aguardada viagem a Marte.

Iniciada na última segunda-feira (12), a experiência denominada “Plant Habitat-04” utiliza 48 sementes de pimenta New Mexico Chile. Elas foram plantadas em um transportador científico e colocadas no Advanced Plant Habitat (APH), uma das câmaras para plantação e colheita das safras na ISS.

Também conhecidas como Hatch Green Chile, as pimentas terão o crescimento acompanhado pelos tripulantes e a equipe em solo, aproveitando os 180 sensores e controles instalados no APH. A expectativa é de que elas estejam prontas para a colheita em até quatro meses.


OO astronauta Shane Kimbrough insere o dispositivo com as sementes no APH.

Fonte:  NASA/Divulgação 

As pimentas, que podem ser consumidas ainda verdes ou após amadurecerem, terão parte saboreada na própria Estação e o restante enviado à Terra. Em solo, as amostras passarão por análises mais profundas, para avaliar fatores como sabor, textura e o “calor” das plantas.


Melhorando o bem-estar da tripulação

Tripulantes da ISS podem perder um pouco do paladar e do olfato por conta da microgravidade, preferindo pratos com alimentos picantes ou temperados. Dessa forma, as pimentas surgem como uma boa alternativa para atender à demanda, segundo o líder do experimento Matt Romeyn.

Além disso, elas são ricas em vitamina C e outros nutrientes, trazendo diversos benefícios a longo prazo para a saúde física e psicológica dos viajantes. “Estamos descobrindo que o cultivo de plantas e vegetais com cores e cheiros ajuda a melhorar o bem-estar dos astronautas”, apontou o especialista da NASA.

Vale lembrar que o APH já foi utilizado para o cultivo de outros vegetais a bordo da ISS, como alface e rabanete, aumentando as opções disponíveis para o cardápio dos astronautas.