public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Chuva em SC provoca queda de barreiras e alagamentos

 Foto: Defesa Civil/ Divulgação

A chuva forte nesta segunda-feira (1°) causou alagamentos, desmoronamentos e transtornos para os motoristas em cidades das regiões da Grande Florianópolis, Norte e do Litoral Norte catarinense. Ninguém ficou ferido. Até as 9h não havia registro de desalojados e desabrigados.

Houve registro de quedas de árvore e muros. Em Camboriú, as aulas no interior foram suspensas por causa da dificuldade de acesso.

Segundo a Defesa Civil, a chuva do domingo (28) contribuiu para o risco dos fenômenos. Até esta segunda são previstos acumulados de até 150 milímetros no Litoral, segundo o órgão estadual.

Além do litoral, o aviso meteorológico cita a previsão de chuva intensa e volumosa nas cidades do Oeste, Vale do Itajaí e Serra catarinense.

Balneário Camboriú

A Defesa Civil de Balneário Camboriú registrou ocorrências de alagamentos de ruas e queda de árvores.

Os motoristas tiveram dificuldade para passar pela Rua Concórdia no bairro dos Municípios, além da Avenida das Flores e Avenida Panorâmica. Agentes de trânsito trabalham nos atendimentos.

Uma árvore caiu na Interpraias, próximo a Rua José Cesário Pereira.

A saída da Avenida Santa Catarina em direção a Avenida das Flores e Rua Donaciano dos Santos no bairro da Barra também estão com passagem de carros bloqueadas.

O túnel da Rua 3700 voltou a ser fechado devido a alta da maré que invadiu a pista e o trânsito foi desviado.

Joinville

Em Joinville o bairro mais afetado com a chuva foi o Quiriri, onde uma ponte precisou ser interditada pela Defesa Civil por causa do nível do Rio Cubatão. Houve um deslizamento de terra nos fundos de uma residência, mas ninguém precisou sair de casa.

A Companhia Águas de Joinville informou que as Estações de Tratamento de Água estão com o funcionamento prejudicado por causa da chuva, que causou turbidez nos rios que abastecem a cidade. O abastecimento pode ficar comprometido nos bairros: Vila Nova, Floresta, Itinga e Costa e Silva.

Na região Norte catarinense também foram registrados pontos de alagamentos em municípios como Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul e Barra do Sul

Florianópolis

Na Via Expressa sentido BR-101, um deslizamento de terra invadiu o acostamento. A área foi isolada pela Guarda Municipal de Florianópolis (GMF) e por enquanto, a ocorrência ainda não prejudica o trânsito.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionados. Em janeiro, próximo do local, houve uma queda de barreira que interditou parcialmente o trecho por seis horas no sentido Ilha-continente.

Na saída do Elevado Dias Velho, um alagamento na pista também é monitorado pelos agentes da GMF.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), na SC-401, no km 33,800, as duas faixas estavam alagadas no sentido bairro/Centro por volta das 8h30.

No bairro Saco dos Limões, um muro desmoronou depois de um deslizamento de terra. Segundo o Corpo de Bombeiros, o morador solicitou apoio, já que parte da estrutura atingiu a casa. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o monitoramento da Defesa Civil, a precipitação observada entre as 2h48 a 8h48 foi de 127,4 milímetros em Florianópolis.

Em São José, ruas ficaram alagadas no bairro Kobrasol e Campinas. Durante o período de seis horas, o monitoramento indica o acumulado de 87 milímetros de chuva.

Fonte: G1 SC

  • message
    Postado por
    Estação FM
  • today
    Data
    01/03/2021
  • folder
    Categoria
    Santa Catarina
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug