Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Mulher dá à luz 10 bebês de uma vez e quebra recorde mundial

Thobile Mathonsi – Ana – Reprodução

Postado em 10/06/2021 por

Compartilhe Agora

Uma mulher deu à luz 10 bebês de uma vez em cesárea realizada em um hospital de Pretória, capital da África do Sul, na noite da última segunda-feira (7). A notícia do nascimento foi publicada com exclusividade pelo site Pretoria News.

Gosiame Thamara Sithole, de 37 anos, teve sete meninos e três meninas, dois bebês a mais que os observados nos exames de ultrassom. Ela estava grávida de sete meses e sete dias (29 semanas).

A sul-africana, que trabalha como gerente de loja e está de licença maternidade para cuidar dos bebês, disse que sua gravidez foi complicada, cheia de enjoos e dores nas pernas.

“Assim que o doutor me contou, levei algum tempo para acreditar. Mesmo com os exames, continuei não acreditando. Mas, conforme o tempo foi passando, vi que era mesmo verdade. Foram árduas lutas para dormir a noite”, disse a mamãe ao jornal. Agora ela está em recuperação no hospital, assim como as crianças, que não tiveram seu estado de saúde divulgado.

O pai Teboho Tsotetsi, que está atualmente desempregado, contou que ficou chocado com a gestação. “Estou feliz. Estou emocionado. Não posso falar muito”, declarou. O casal já tem gêmeos de 6 anos e garante que a gravidez foi natural, sem a utilização de tratamento de fertilidade.

Dini Mawela, vice-diretor da escola de medicina da Universidade de Ciências da Saúde Sefako Makgatho, classificou o caso de Gosiame como raríssimo. Como geralmente acontece em casos de gravidez múltipla, os bebês nascem abaixo do peso e precisam de nutrição para ficarem fortes o suficiente para receberem alta.

Com isso, Gosiame quebrou o recorde mundial anterior do Guinness, que era de uma mulher do Mali, que deu à luz nove crianças, em Marrocos, no mês passado.

Fonte: Tivi Net

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.