Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Falcão e o Soldado Invernal: Por que os trailers estão escondendo o novo Capitão América?

Imagem Noticia

Adoro Cinema

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 11/02/2021 por Sistema Plug

Falcão e o Soldado Invernal, série original da Marvel pelo Disney+, vai dar continuidade ao legado do Capitão América (Chris Evans) após Vingadores: Ultimato, com Sam Wilson (Anthony Mackie), o Falcão, e Bucky Barnes (Sebastian Stan), o Soldado Invernal. Os trailers, como o lançado durante o Super Bowl 2021, estão repletos de cenas de ação, mas não mostram completamente o novo Capitão América, John Walker, que será interpretado por Wyatt Russell.

Até agora, o destaque está para as conexões da série com o Universo Cinematográfico Marvel (UCM), com a relação e dinâmica entre a dupla protagonista Sam Wilson e Bucky Barnes, além da retomada da narrativa de Capitão América: Guerra Civil com o Acordo de Sokovia e o retorno do vilão Barão Zemo (Daniel Brühl).

POR QUE NÃO ESTÃO DANDO DESTAQUE AO JOHN WALKER?

Falcão e o Soldado Invernal, assim como o nome deixa claro, vai ser sobre Bucky e Sam, é claro, mas também se firmou a ideia de qual é o plano de Zemo e com quem ele poderia estar trabalhando. Saiba como assistir os filmes da Marvel em ordem cronológica! Então, por que eles parecem estar escondendo o substituto oficial de Steve Rogers, patrocinado pelo governo?

Sam Wilson recebeu o escudo de Steve Rogers e é considerado seu herdeiro mais provável. Porém, a questão do legado do Capitão América é uma das principais narrativas por trás da série. Afinal, Sam não é o único que pode dar continuidade ao trabalho de Steve, já que o governo tem seu próprio substituto na forma de John Walker, mais conhecido como U.S. Agent nos quadrinhos.

Claramente, o marketing está inclinado para a dinâmica de Sam e Bucky e a nas ideias estabelecidas em Capitão América: Guerra Civil para dar continuidade às narrativas já estabelecidas no UCM. Há também a relação de não revelar um novo Capitão América para sugerir a presença de Chris Evans como Steve Rogers. Vale lembrar que Evans pode retornar para o UCM para participações especiais.

Isso não significa que John Walker será um personagem secundário, muito pelo contrário, a narrativa de Falcão e o Soldado Invernal vai mudar e focar mais no papel de Walker conforme a divisão ideológica ficar mais aparente, entre o que Steve Rogers representou e o que o governo deseja que a marca Capitão América seja.


JOHN WALKER É UM CAPITÃO AMÉRICA MUITO DIFERENTE DE STEVE ROGERS



Se Falcão e o Soldado Invernal focasse em apresentar logo no começo um Capitão América sem ser algum dos personagens que já conhecemos seria muito confuso para manter uma coerência narrativa.

Afinal, John Walker traz uma perspectiva muito diferente do que Steve Rogers foi. Eles são dois Capitães Américas ideologicamente muito diferentes nos quadrinhos. Walker representa uma forma mais perigosa de patriotismo e uma abordagem mais extremada da justiça em nome do governo, enquanto a posição de Steve suavizou ao longo de seu arco. Mas uma hora o embate entre o governo e os herdeiros do legado do Capitão vai acontecer.

Falcão e o Soldado Invernal: Máquina de Combate estará na série do Disney+, confirma Don Cheadle

A sinopse oficial da série revela que, após os acontecimentos de Vingadores: Ultimato, Sam Wilson/Falcão e Bucky Barnes/Soldado Invernal se juntam em uma aventura global que testam suas habilidades – e sua paciência.

Falcão e o Soldado Invernal está prevista para estrear em 19 de março de 2021 no Disney+.