Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Lateral

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Indicações visam plano municipal para o tratamento de entulhos e aproveitamento da água da chuva em edificações

Postado em 20/10/2021 por

Feature image

*Fonte imagem : Assessoria Câmara Municipal de Vereadores de São Lourenço do Oeste*


A vereadora Marlice Perazoli (MDB) sugere que o Município de São Lourenço do Oeste institua um plano de coleta, transporte e destinação final de entulhos. A indicação foi expedida pelo Legislativo, em sessão na segunda-feira (18), com encaminhamento ao prefeito e ao secretário de Desenvolvimento Urbano.

Perazoli observa que o novo Código de Edificações do Município (Lei Complementar 265/2020) não prevê este planejamento, o que tem gerado problemas especialmente para os cidadãos, uma vez que a municipalidade não realiza tais serviços. “Muitos entendem que é obrigação do Poder Público tais serviços, e acabam depositando esse tipo de lixo nas vias públicas, ou mesmo em terrenos baldios, gerando transtornos aos usuários e proprietários, além de causar uma má aparência da nossa cidade”, considera Perazoli. Ela lembra que existem várias empresas locais que fazem a coleta de entulhos, e dão o devido destino, contudo, muitos cidadãos desconhecem ou não têm condições de arcar com os custos, dependendo do volume de entulho.

“É imperativo que a Administração Pública promova urgentemente um plano de coleta, transporte e destinação final do lixo considerado entulho, com vistas a solucionar, ainda que de modo gradativo, a situação que se apresenta”, considera a vereadora.

Aproveitamento da água da chuva

Em outra indicação também apresentada na sessão, Perazoli sugere que a administração municipal elabore projeto ou programa com vistas a instituir a obrigatoriedade para que as edificações acima de 200m², multifamiliar ou comercial, tenham sistema de coleta e reserva de água pluvial.

A autora ressalta a importância da coleta da água da chuva como uma forma de promover a preservação dos recursos naturais, sendo que ela poderá ser utilizada em irrigações, lavação de carros, pisos, calçadas. “É possível perceber que ao coletar água da chuva e dar seu correto destino muitos problemas podem ser evitados ou minimizados”, conclui.

Fonte: Assessoria Câmara Municipal de Vereadores de São Lourenço do Oeste

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários