Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Política

Compartilhe agora

Moção de Apelo pede a proibição das corridas de cães em SC

Postado em 14/09/2021 por

Feature image

*Fonte imagem : Estação FM*


De autoria do vereador Rennã Fedrigo (MDB), com assinatura e aprovação dos demais parlamentares da Câmara, o plenário apreciou favoravelmente, na sessão da segunda-feira (13), a Moção de Apelo direcionada ao Governador do Estado, ao Presidente da Assembleia Legislativa e ao Deputado Estadual Valdir Cobalchini, pela proibição, no âmbito do Estado de Santa Catarina, das corridas de cães.


Em defesa da moção, o autor lamentou a rejeição do Projeto de Lei n° 70/2021, na ALESC, que visava alterar a redação da Lei n° 12.854, de 2003, que tinha por objetivo proibir o uso de cães da raça galgo em corridas, dizendo que esta raça é muito utilizada nestas atividades, e aqueles animais não selecionados são descartados, e os escolhidos ficam submetidos a regimes de confinamento, uso de drogas e anabolizantes, abusos físicos e psíquicos.


Relatou que recentemente o Estado do Rio Grande do Sul aprovou legislação proibindo a práticas de tais corridas, uma vez que os cães são submetidos a diversas crueldades, e que muitos países já caminham neste sentido, o das proibições.


Rennã destacou que no último dia 01 de setembro de 2021, o Movimento Catarinense de Defesa dos Direitos dos animais esteve na ALESC, representando 209 entidades de Proteção Animal do Estado, protetores independentes e grupo de trabalho em prol dos animais, e na oportunidade protocolou novo projeto de lei com a finalidade de coibir tais práticas em território catarinense.


Por fim, lembrou o vereador que em nível nacional também existe projeto de lei em tramitação, e que é preciso normatizar essa questão em todas as esferas, uma vez que essas condutas são consideradas crimes de acordo com a Constituição Federal da República e a Lei dos Crimes Ambientais.

Fonte: Assessoria Câmara Municipal de Vereadores de São Lourenço do Oeste

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários