Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Esporte

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Município investe 100% dos recursos do FNDE na aquisição de alimentos da agricultura familiar

Postado em 13/05/2021 por

Feature image

*Fonte imagem : NH-1*


Com o entendimento de que alimentos frescos e da época garantem qualidade na merenda escalar, o governo municipal de Novo Horizonte, através da Secretaria de Educação, Esportes e Cultura, investe 100% dos recursos financeiros repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar. Hoje são em torno de 60 itens.

De acordo com a nutricionista da Secretaria, Vanessa Piazza, além da alimentação nessa etapa ser essencial para o crescimento e desenvolvimento adequado, é na infância que ocorre a formação dos hábitos alimentares. Segundo a nutricionista, a criança deve comer, por exemplo, cereais, verduras, legumes, carnes, leguminosas e frutas e os pais não devem estimular o consumo de guloseimas e alimentos de baixo valor nutricional. “Lembre-se que os filhos são o reflexo dos pais, e isso ocorre também na alimentação”, observa a profissional.

Vanessa conta que, como há uma grande variedade de opções, toda a alimentação dos alunos é planejada, coordenada e acompanhada. O objetivo é oferecer um cardápio saudável, equilibrado e adequado. Ela explica que há também um cuidado em relação aos alunos que possuem alergias alimentares como intolerância a lactose, glúten, ovo e soja.

Conforme a profissional, além de contribuir com o aumento e regulação da imunidade, a boa alimentação busca minimizar o risco de doenças como infarto, diabetes, pressão alta, colesterol alto e osteoporose.

Cardápio

Questionada, Vanessa conta que a construção dos cardápios leva em conta, principalmente, a disponibilidade de alimentos de época. Além disso, também são realizados testes de aceitabilidade da alimentação escolar com os alunos. “Através de testes simples e didáticos, conseguimos analisar a aprovação da alimentação servida na escola e fazer os devidos ajustes”.

Refeições

Hoje, devido a pandemia, o intervalo para as refeições é dividido em três turnos e todos os protocolos em relação a Covid-19 são observados. Todas as profissionais merendeiras envolvidas na preparação dos alimentos são orientadas e acompanhadas pela nutricionista, a qual monitora diariamente a distribuição, armazenamento, preparo e distribuição da alimentação. O processo é igual nas duas escolas do município – Centro Educacional Municipal Novo Horizonte (Cenho) e Escola De Ensino Fundamental Aidê Terezinha Garguetti Malagutti.

Fonte: Assessoria Prefeitura de Novo Horizonte

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários