Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Agricultura

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Programa de produção de leite a base de pasto muda realidade de propriedades em Novo Horizonte

Postado em 04/11/2021 por

Feature image

*Fonte imagem : Assessoria Prefeitura de Novo Horizonte*


Através do programa “produção de leite a base de pasto”, a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), escritório de Novo Horizonte, em conjunto com a Secretaria de Agricultura do município, está mudando a realidade de pequenas propriedades produtoras de leite. O objetivo é melhorar a qualidade de vida, garantir a perenidade da atividade e melhorar a renda das famílias.

Segundo o extensionista rural da Epagri, escritório de Novo Horizonte, Nelso Nunes de Oliveira, trata-se de um trabalho de acompanhamento e auxílio nas propriedades, “A gente senta com o produtor, faz um planejamento das áreas e dos animais, escolhe as espécies de grama e inicia a produção de mudas. É um trabalho difícil e o produtor precisa se dedicar”, conta ele lembrando que é um esforço conjunto.

Oliveira conta que o primeiro passo é o produtor querer participar do programa. “Tem que existir a vontade. Só assim vai dar certo”, disse explicando que o maior investimento do produtor é a mão de obra. “A isso aliamos boa vontade e disponibilidade. Esse é o segredo”, dá a receita.

Segundo Volmir Pinto de Oliveira, extensionista rural da Epagri, o programa é estadual e, por isso, possui algumas diretrizes. Porém, adianta que o sucesso está diretamente ligado ao compromisso do produtor e a parceria do governo municipal. “Podemos dizer que hoje, quem está produzindo leite a base de pasto, está tendo lucratividade de aproximadamente 50%. É um projeto sustentável e que vai ter sucesso sempre”, projeta.

O casal Moacir e Ivania Cardoso, pioneiros na modalidade dentro do município, são prova que o programa funciona. Hoje, inclusive, eles são referência para outras propriedades de Novo Horizonte e região. Moacir confessa que antes de iniciar na modalidade pensou em desistir da atividade, pois os custos eram elevados e a lucratividade baixa. O produtor não esconde a satisfação, porém, alerta: é preciso dedicação e seguir, na integra, as orientações dos técnicos. Ivania acrescenta que o sistema, além de lucratividade, melhora a qualidade de vida da família. “Nós passamos a trabalhar unidos e sobra dinheiro para investir em outras demandas”, disse recomendando o programa e os serviços oferecidos pela Epagri.

Adinei Girotto ingressou no programa recentemente e, junto com os técnicos da Epagri, trabalha na implantação da pastagem. Inspirado por Moacir e Ivania Cardoso, ele tem objetivos claros. Entre eles, reduzir custo na produção e ter melhor rentabilidade. “Estamos iniciando, mas vai dar certo, pois há o compromisso e o esforço de todas as partes”.

Programa

Iniciado no município há três anos, o programa atende hoje 16 propriedades. Porém, segundo os técnicos, o escritório, com os dois profissionais, tem capacidade para atender até 80 propriedades. Eles destacam que a equipe está a disposição, basta haver o interesse por parte dos produtores.

Vanderlei Sanagiotto, prefeito de Novo Horizonte, enxerga no programa a oportunidade das pequenas e médias propriedades serem competitivas e atuarem com lucratividade. Segundo ele, o município é parceiro e apoiador, pois o desenvolvimento da pecuária de leite e de pastagens perenes é uma das metas previstas no plano de governo. “Historicamente existiu a parceria entre município e Epagri, mas nos últimos anos estreitamos ainda mais e viabilizamos mais um técnico para o escritório”, registra.

De acordo com o secretário de Agricultura, Lucimar Viero, o município busca auxiliar e dar condições, através de serviços e máquinas, para que o programa tenha viabilidade nas propriedades. “O foco é garantir melhor qualidade de vida aos munícipes e a Epagri já mostrou que é um modelo alinhado com esse propósito”.

Fonte: Assessoria Prefeitura Municipal de Novo Horizonte

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários